Foi dada a largada

 

Aconteceu, hoje de manhã, em Brasília, o Seminário de Lançamento – Guia de Financiamento da Agricultura de Baixo Carbono, promovido pela CNA em parceria com a Embaixada Britânica.

“A CNA está engajada fortemente na sustentabilidade. Registramos, em 2010, a menor taxa de desmatamento dos últimos 23 anos. Já instituímos uma política de governança climática. É um caminho sem volta. Precisamos transformar a agricultura de baixo carbono em prática para os produtores rurais brasileiros” – Assuero Doca Veronez, Diretor da CNA e Presidente da Comissão de Meio Ambiente da CNA

 “O setor agropecuário tem o meu carinho porque me ajudou muito na minha carreira no Banco do Brasil. Cuidamos com muita atenção deste programa de financiamento. O posicionamento da CNA frente à agricultura de baixo carbono é muito importante para este momento que estamos vivendo. Afirmo que o Banco do Brasil vai participar de todas as ações da CNA e parceiros no movimento pela sustentabilidade.” – Clenio Severio, do Banco do Brasil

“Estamos na iminência de um pacto nacional com a aprovação do Código Florestal. É fundamental para o País como um todo, pensar 20 anos para frente. Que possamos implantar um grande programa de regularização ambiental, de agricultura de baixo carbono e diminuir os ruídos que nos dividem”Luis Antonio de Carvalho, do Ministério do Meio Ambiente

“Esse guia de financiamento, lançado hoje pela CNA, é um instrumento importante para o Programa ABC. Temos um desafio, que é resolver a questão fundiária. O Plano ABC é uma grande iniciativa para País inteiro. É importante que caminhemos juntos e que o produtor possa aproveitar essa grande oportunidade que o Brasil está tendo, não só para cumprir acordos internacionais, como também para aumentar a produção e a qualidade de vida da nossa população” – Carlos Magno Brandão, do Ministério da Agricultura

“Aqui, o Governo aceitou uma proposta ambiciosa de economizar carbono. Nós respeitamos isso. Internamente, o Governo do Reino Unido está com a meta de reduzir as emissões de carbono em 34% até 2020. Digo, com orgulho, que estamos todos juntos para cumprir as metas assumidas na COP 15. A parceria com a CNA é um caminho muito importante”Stephanie Al-Qaq, conselheira da Embaixada Britânica.

Deixe seu comentário sobre este assunto:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s