Mobilização em busca de parcerias


Um passo importante para garantir a adesão do produtor à agricultura de baixo carbono é conscientizá-lo sobre os ganhos que ele terá com as práticas sustentáveis em sua propriedade. A opinião é da Superintendente Federal de Agricultura na Bahia, Virgínia Alice Hagge, que acompanhou a abertura do terceiro Seminário de Capacitação da Agricultura de Baixo Carbono (ABC), e prestigiou os debates na sede da FAEB nesta terça-feira, em Salvador. Ela também defendeu parcerias para a criação de um plano estadual de agricultura de baixo carbono para a Bahia, que já é um dos estados contemplados pelo Plano ABC, que além dos financiamentos inclui uma série de ações voltadas para a produção sustentável, que vão desde a capacitação de técnicos e produtores até a implantação de projetos sustentáveis no âmbito estadual.  “Precisamos sensibilizar todos e trabalhar em conjunto para termos um plano aqui na Bahia”, enfatizou.

Deixe seu comentário sobre este assunto:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s