ABC em Porto Alegre

O próximo seminário de capacitação sobre o Guia de Financiamento da Agricultura de Baixo Carbono acontece na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Sul, FARSUL, na próxima terça-feira, 14 de fevereiro.

Veja a programação

 Data: 14/02/2012

Local: Auditório FARSUL– Porto Alegre/ RS

9h00 – Credenciamento

9h30 – Abertura

Apresentação do Guia – CNA

10h00 – As expectativas do Governo Federal – MAPA

11h00 – Coffee Break

11h15 – As tecnologias para Agricultura com Baixa Emissão de Carbono – Embrapa

13h00 – Almoço

14h00 – Cases de Sucesso

Técnico que elaborou Projeto

Produtor Rural

15h00 – A linha de crédito – Banco do Brasil

17h00– Encerramento – Representante da Federação do Rio Grande do Sul.

Guia ABC

O Guia de Financiamento ABC foi lançado no dia 31 de janeiro, em Brasília, durante o primeiro seminário. Já foram realizados outros dois. Em Belo Horizonte, no dia 2 de fevereiro,  e em Salvador, nesta terça, dia 7.  Na abertura do seminário, ontem, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB) e vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Júnior, defendeu a realização de parcerias do setor agropecuário com bancos e entidades empresariais para difundir e incentivar a adoção de práticas de produção sustentável nas propriedades rurais com o objetivo de reduzir as emissões de Gases de Efeito Estufa (GEEs).

Saiba mais: http://www.canaldoprodutor.com.br/comunicacao/noticias/parcerias-para-adocao-de-praticas-sustentaveis-na-agropecuaria

Os seminários sobre o Guia de Financiamento ABC, iniciativa da CNA e da Embaixada Britânica, que tem o apoio do Ministério da Agricultura, da Embrapa e do Banco do Brasil, são fundamentais para disseminar as práticas de agricultura de baixo carbono. Segundo o gerente de Mercado e Agronegócio da Superintendência do Banco do Brasil na Bahia, Paulino Hashimoto, um dos palestrantes do seminário na capital baiana, a falta de conhecimento sobre as linhas de crédito voltadas para práticas de produção sustentável no setor agropecuário é uma das principais razões que impedem uma maior adesão ao Programa ABC. O programa foi  criado em 2010 pelo Governo federal para financiar a utilização de tecnologias para redução de Gases de Efeito Estufa (GEEs). Brasil na Bahia, Paulino Hashimoto, durante o terceiro Seminário de Capacitação de Agricultura de Baixo Carbono

Saiba mais: http://www.canaldoprodutor.com.br/comunicacao/noticias/falta-de-conhecimento-impede-maior-adesao-ao-programa-abc

Deixe seu comentário sobre este assunto:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s