Programa ABC: Em encontro estadual, SENAR/MS explica o programa e destaca crescimento no estado

* Do SENAR do Mato Grosso do Sul


O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso do Sul – SENAR/MS apresentará na próxima quinta-feira (21) detalhes do Programa ABC durante o Encontro Estadual Mais Pastagem, que acontecerá em Campo Grande, no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – FAMASUL. O evento receberá produtores rurais de todo o estado, além de estudantes e pesquisadores. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site http://www.senarms.org.br ou no sindicato rural da capital.

Além da recuperação de pastagens degradadas, o programa ABC financia no estado diversas outras atividades, entre elas a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e o Sistema de Plantio Direto (SPD). “Independente da técnica adotada, a ampliação no País do número de práticas de agricultura de baixa emissão de carbono, contribuirá para proteger o agronegócio brasileiro de potenciais barreiras comerciais no futuro. Também permitirá a geração de serviços ambientais e ecossistêmicos que poderão qualificar ainda mais o País no comércio internacional”, aponta o superintendente do SENAR/MS, Clodoaldo Martins.

De acordo com o superintendente do Banco do Brasil em MS, Fábio Euzébio, um dos principais atrativos da linha de crédito ABC é a taxa de juros 5,5% ao ano, independente do porte do produtor, além do prazo que pode chegar até 15 anos, dependendo da finalidade financiada e o teto da linha que é de R$ 1 milhão, por CPF, por ano safra.

“Percentualmente aos valores contratados em relação ao volume, a participação da pecuária sul-mato-grossense no ABC é bastante relevante, porém ainda há muita oportunidade quando observamos a enorme área de pastagens degradadas em nosso estado”, afirma Euzébio.

O Banco do Brasil detém 82,3% de todo o crédito agrícola do Mato Grosso do Sul, com uma média nacional acumulada em 64,9%, e conta atualmente com 6,5 mil clientes agropecuaristas no estado, quase 10% dos 70,2 mil em todo o Brasil.

Deixe seu comentário sobre este assunto:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s