Estudo vai mostrar a viabilidade econômica da Agricultura de Baixo Carbono

Começa a segunda fase do Projeto ABC Capacitação. Hoje, 12 de julho, técnicos da CNA e da Embrapa, se reuniram para planejar um estudo que será feito em campo, para levantar os custos da agricultura tradicional, custos da agricultura de baixo carbono e o custo da adaptação de uma para a outra. “Nesta segunda fase, pretendemos publicar outra cartilha com as principais culturas e aprofundar o conhecimento nas tecnologias de baixo carbono disponíveis ao produtor rural brasileiro”, disse Rosemeire dos Santos, Superintendente Técnica da CNA, na abertura da reunião.

Segundo Camila Sande, assessora da CNA e coordenadora do Projeto ABC Capacitação, a segunda fase vai mostrar os benefícios da agricultura de baixo carbono ao produtor rural. “Estamos conseguindo alavancar os acessos aos recursos do Programa ABC e agora precisamos mostrar a rentabilidade do programa”, afirmou.

Durante a reunião, a coordenadora do Projeto ABC Capacitação disse que serão realizadas novas capacitações para técnicos, agentes bancários e produtores rurais nesta segunda fase do Projeto. Mas a agenda ainda não foi definida.

Técnicos da Embrapa, que participaram da reunião, apresentaram, cada um em seu setor, tecnologias para promover a sustentabilidade nas diversas cadeias produtivas. Eles vão à campo para colher informações que servirão de base para o “Estudo comparativo das práticas convencionais de cultivo agricola e às de baixa emissão de carbono”, coordenado pela CNA.

Deixe seu comentário sobre este assunto:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s