Plantio Direto para sustentabilidade

* Do JM News

O Paraná já tem cerca de 40 anos na história do Plantio Direto na palha de milho, uma técnica que ganhou especial destaque na região dos Campos Gerais. Basicamente, a palhada da produção de milho que resta sobre o solo após a colheita, serve como proteção para o próximo plantio. As sementes são lançada junto da palha, que protege os solos contra a erosão das chuvas, reduzindo a necessidade de aplicação de insumos e mantendo a estabilidade química e biológica do solo.

Para Frank Dijksta, que é um dos principais nomes na difusão da técnica, a situação seria muito diferente caso o PD não tivesse sido adotado. “Teríamos uma área bem menor para agricultura, porque o Plantio Direto viabilizou trabalhar em áreas maiores, e permitiu o controle de erosão com a palha, além de viabilizar o plantio de mais culturas também”, afirma Dijkstra.

* JM News – Jornal da Manhã

Plantio direto é uma das técnicas da Agricultura de Baixo Carbono. Mais informações sobre esta técnica no Guia de Financiamento da Agricultura de Baixo Carbono: https://agriculturabaixocarbono.wordpress.com/guia-de-financiamento/

Deixe seu comentário sobre este assunto:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s